Após rejeição da denúncia, Temer quer acelerar a reforma da Previdência

temers
Temer tem pressa em aprovar a reforma da Previdência.

O presidente Michel Temer se reuniu neste domingo (6), no Palácio do Planalto, com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira. A pauta foi a agenda de votações no Congresso Nacional.

Passada a votação que rejeitou a denúncia contra o presidente Temer no plenário da Câmara na última quarta-feira (2), os parlamentares devem retomar a agenda legislativa nesta semana.

A meta do governo é aprovar a reforma da Previdência até o mês de outubro. Mas com o placar apertado obtido durante a votação da semana passada sobre a denúncia de corrupção de Temer, o governo terá dificuldades em aprovar algo tão impopular como a reforma da Previdência.

Entre as prioridades já anunciadas por Maia e Eunício estão a reforma da Previdência.
Participaram do encontro os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy e da Secretaria da Presidência, Moreira Franco.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s