Elizabeth anuncia que empresa investigada por corrupção vai retomar o EstaR Digital em PG na próxima semana

Cidatec vai retomar o EstaR Digital em Ponta Grossa a partir de 03 de fevereiro. (Foto: PMPG)

A prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt (PSD), anunciou que o Sistema de Estacionamento Regulamentado (EstaR), no formato digital, será reativado na próxima quarta-feira (3). O serviço vai continuar sendo disponibilizado pela Cidatec, empresa que é investigada por corrupção no EstaR Digital de Ponta Grossa. O anúncio sobre a volta do EstaR foi feito nesta quinta-feira (28).

Os empresários da Cidatec Antonio Carlos Domingues de Sá, Alberto Abujamra Neto e Celso Ricardo Madrid Finck estão em prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica.

Além dos proprietários, seguem em prisão domiciliar o proprietário da TV Vila Velha e do site D’Ponta, radialista e apresentador de TV, João Carlos Barbiero e o vereador Walter José de Souza (PRTB), Valtão, que tomou posse na Câmara de Ponta Grossa, em cerimônia às escondidas, no dia 20 de janeiro.

De acordo com a prefeita Elizabeth Schmidt, a volta do estacionamento regulamentado é essencial para a reorganização do tráfego e do estacionamento na região central da cidade.

“Na próxima semana muitas escolas particulares irão retomar as aulas presenciais, e por isso os cuidados com o aumento no fluxo de automóveis e veículos de carga devem ser redobrados. Já determinei à Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) especial atenção para esse ponto”, explica a chefe do Executivo.

Elizabeth também afirmou que a retomada do EstaR Digital é importante para o comércio. Desde a interrupção do serviço, em dezembro, foram também suspensas as operações de fiscalização do estacionamento rotativo. “Com isso temos um reflexo nada positivo no comércio, e queremos resolver isso rapidamente”, declarou a prefeita.

A prefeita não fez nenhuma declaração sobre a Operação Saturno, realizada pelo Gaeco, com investigação sobre corrupção e fraude no EstaR Digital, envolvendo a Autarquia de Trânsito e Transportes (AMTT), vereadores de Ponta Grossa e a empresa Cidatec. As investigações estão em andamento.

Segundo a prefeitura, na última sexta-feira (22), a própria empresa contratada para fornecer esse serviço, a Cidatec Tecnologia e Sistema, anunciou que “em respeito ao município de Ponta Grossa” acatará a notificação da Prefeitura Municipal e retomará a prestação do serviço, reativando o software Estar Digital até o final do contrato, o que acontece em 31 de março.

Em documento encaminhado à Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, a Cidatec informa ainda que nesse período a empresa “abdicará dos valores relacionados à prestação de serviços até o término da vigência contratual, ou seja, não cobrará mensalmente os valores previstos no contrato, até que findem as investigações no judiciário”.

O presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), Celso Cieslak, , informou que a equipe técnica do órgão está já se preparando para uma reunião com a Cidatec para a operacionalização do serviço até o dia 03 de fevereiro.

 “Nosso Departamento de Trânsito está cuidando dessa retomada para que tudo funcione de modo transparente e que seja ágil”. Ainda segundo Cieslak, serão mantidos os mesmos sistemas e meios de pagamento da forma como estavam funcionando antes da suspensão dos serviços.

Relembre a Operação Saturno

A Operação Saturno, que investiga corrupção no EstaR Digital de Ponta Grossa, ocorreu no dia 15 de dezembro e foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, (GAECO). Na ocasião também foram presos, o ex-presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT), Roberto Pelissari, também o ex-vereador Ricardo Zampieri (Republicanos). Ambos estão em liberdade e o Gaeco alegou falta de provas sobre o envolvimento dos dois na fraude.

O Ministério Público do Paraná do Paraná denunciou o vereador Walter José de Souza (PRTB) e os empresários da Cidatec Antonio Carlos Domingues de Sá, Alberto Abujamra Neto, Celso Ricardo Madrid Finck e o empresário proprietário da TV Vila Velha e do site D’Ponta, João Carlos Barbiero.

Conforme texto da denúncia, os empresários responsáveis pela Cidatec contrataram um intermediário, no inquérito identificado como João Barbiero, para negociar com vereadores o direcionamento do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do EstaR Digital a favor da empresa. A principal negociação teria sido feita entre Barbiero e o vereador Valtão, conforme aponta o Ministério Público.

(Com informações da Prefeitura de Ponta Grossa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s