“Alvaro Dias é obsessivo pelo poder e faz política de conchavos, mas não vou aceitar”, diz Cesar Silvestri

O Alvaro Dias tem um projeto obsessivo de poder, que ficar no poder a qualquer custo e de qualquer forma”, diz Cesar Silvestri Filho.

O ex-prefeito de Guarapuava e pré-candidato ao Senado, Cesar Silvestri Filho (PSDB), reagiu à decisão dos tucanos em retirar a sua candidatura e apoiar a reeleição do senador Alvaro Dias.

Em declaração para a Rádio Clube de Ponta Grossa e ao Blog da Mareli Martins, nesta sexta-feira (5), Cesar Silvestri Filho criticou a forma como o senador Alvaro Dias (Podemos) faz política e declarou que o senador tem obsessão pelo poder.

“O Alvaro Dias tem um projeto obsessivo de poder, que ficar no poder a qualquer custo e de qualquer forma. Ele já está lá há trinta e dois anos, como se isso não fosse suficiente para apresentar o trabalho dele. E o PSDB serviu de moeda de troca para conchavos. Isso é um desrespeito com as lideranças que estiveram na convenção estadual e uma forma antidemocrática de fazer política”, afirmou.

Cesar Silvestri disse que vai buscar na Justiça Eleitoral o direito de manter sua candidatura ao Senado.

“Não posso aceitar isso. Vou recorrer à justiça, junto com a federação, pois todos foram desrespeitados. A decisão arbitrária do PSDB nacional fere todos os princípios do direito eleitoral e da boa política”.

Silvestri disse também que o PSDB agiu com arbitrariedade e não respeitou princípios democráticos. A declaração ocorreu nesta sexta-feira (5).

“A decisão do PSDB de entregar a minha candidatura para garantir mais tempo de tv e rádio para o Alvaro Dias foi uma decisão arbitrária e ilegal. Isso fere todas as diretrizes da justiça eleitoral e fere também o estatuto da federação entre o Cidadania e o PSDB e um desrespeito com as lideranças estaduais do PSDB. É uma forma de valorizar a velha política dos conchavos. Eu não posso aceitar isso”, disse.

O nome de Cesar Silvestri Filho como candidato ao Senado foi aprovado por aclamação durante a convenção estadual do PSDB, realizada no dia 20 de julho, em Curitiba.

Mas na quarta-feira (3), o PSDB anunciou que vai retirar a candidatura de Silvestri ao Senado e vai apoiar Alvaro Dias (Podemos). Alvaro Disse disse que ” o apoio do PSDB está garantido”.

O presidente do PSDB no Paraná e ex-governador, Beto Richa, disse que o partido segue as decisões nacionais.

“Esta é uma decisão da Federação Nacional do PSDB com o Cidadania, envolvendo uma composição federal, com trocas de apoios entre os estados, como São Paulo”, disse Richa.

Ao citar o estado de São Paulo, Beto Richa faz relação com a candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB) ao governo. Ele pediu apoio ao Podemos de Alvaro Dias. O Podemos aceitou apoiar Rodrigo Garcia em São Paulo, desde que o PSDB dê apoio para Alvaro Dias no Paraná e retire a candidatura de Cesar Silvestri Filho, condição que foi aceita pelo diretório estadual do PSDB. Richa vai concorrer à Câmara Federal.

OUÇA A DECLARAÇÃO DE SILVESTRI

Matéria relacionada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s