Para manter candidatura, Pauliki entra na coligação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e do MDB de Requião

foto blog 2
Na disputa ao cargo de deputado federal, Marcio Pauliki (SD) está no grupo do PCdoB, PDT e MDB

Depois da desistência de Osmar Dias (PDT) da disputa ao Governo do Paraná, para manter a candidatura à Câmara Federal, o deputado estadual Marcio Pauliki (Solidariedade-SD) entrou na coligação do MDB, do senador Roberto Requião, do PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e do PDT. Essa coligação vai apoiar na disputa ao Governo do Paraná, o deputado federal João Arruda, que é sobrinho do senador Roberto Requião.

Em entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins nesta segunda-feira (6), Pauliki foi questionado se não é incoerente da parte dele coligar com partidos que ele sempre criticou e que dizia que se tratava de um grupo da “esquerda radical. Pauliki saiu do PDT, inclusive, dizendo que o “partido estaria ao lado do PT e da esquerda radical”, isso no cenário nacional. (Ouça a entrevista completa ao final do texto)

“Incoerência na verdade é quando você não olha as pessoas. Eu nao olho os partidos. Nunca olhei os partidos eu sempre olhei quem estava lá a frente de um processo. E se os princípios e diretrizes são dos próximos dos que eu acompanho ao longo desse processo político. É importante dizer que essa coligação será a coligação da diferença e da mudança”, disse Pauliki.

Em diversas entrevistas à Rádio T, Pauliki defendeu que “levaria Osmar Dias para o lado do ex-governador Beto Richa (PSDB) e também fez críticas ao MDB e disse que o partido deveria ter candidato próprio e coligar com o PT. Mas como não conseguiu levar o Osmar para os lados de Beto Richa e sem Osmar na disputa, Pauliki agora está na coligação do MDB de Requião.

Pauliki admitiu, durante a entrevista, que sempre a preferência pela aliança com Beto Richa, mas agora vai de João Arruda e Requião. Ao mesmo tempo que elogia o ex-governador Beto Richa, Pauliki entra em contradição ao defender o candidato João Arruda, ao dizer que “defende a mudança”

“Gostaria muito da aliança com o Beto Richa, pois o Beto foi o único político que cumpriu com a sua palavra em relação a esses anos que estive na Assembleia Legislativa. Eu tenho que ser aberto e gratos a todos que nem atendem. E o Beto me atendeu. E agora o projeto que nos desenhamos para o Osmar, só caberia para um candidato que represente a mudança do grupo que está aí. Por isso vamos apoiar o João Arruda”, declarou.

Divergências com João Arruda 

Marcio Pauliki e João Arruda já protagonizaram brigas nas redes sociais e trocas de farpas em entrevistas. Aos olhos públicos parecia que um não suportava ou outro. Mas”Eu tenho na verdade um pensamento igual ao João em relação às propostas. E logo que Osmar desistiu, na sexta-feira, pela manhã, o João me procurou, me ligou. Foi a primeira pessoa que me procurou. O que eu achei muito interessante que ele perguntou se poderia trazer parte do plano de governo do Osmar para nossa candidatura. Ali eu falei, puxa vida, está aí alguém que possa ser diferente e que representa a ruptura desses oitos anos de governo”.

Pauliki diz que Sandro e Aliel tem medo de seu potencial de votos

Pauliki fez críticas ao que ele chama de velha política e citou como exemplo a mudança partidária de Aliel Machado (PSB). “Tem pessoas que saíram de esquerda e foram pra direita e receberam generosos cargos no governo”. disse .
Segundo Pauliki, Sandro Alex (PSD) e Aliel Machado (PSB) se uniram para tentar impedir sua candidatura. “Tentaram vetar meu nome nas coligações. Esses vetos acontecem por que existe um receio de que eu tire a vaga deles”.

Ouça a entrevista completa de Marcio Pauliki:

Links relacionados:

https://marelimartins.com.br/2018/02/12/nao-tenho-duvidas-sobre-a-minha-candidatura-ao-cargo-de-deputado-federal-e-estou-preparado-para-a-renovacao-do-congresso-diz-pauliki/

https://marelimartins.com.br/2018/08/04/apos-desistencia-de-osmar-pauliki-sai-desesperado-batendo-de-porta-em-porta-na-tentativa-de-manter-a-candidatura-ao-cargo-de-deputado-federal/

https://marelimartins.com.br/2018/08/04/pauliki-afirma-que-sandro-e-aliel-se-uniram-para-impedir-sua-candidatura-por-medo-de-perder-a-eleicao/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s