Secretário diz que o Estado estuda ampliar estrutura do Hospital Regional e afirma que Santa Casa poderá assumir neurocirurgias

beto preto

Secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou que após o Carnaval, o governo deverá anunciar uma estratégia para resolver as demandas por cirurgias eletivas em Ponta Grossa e a região dos Campos Gerais. (foto: AEN)

Em entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins nesta quarta-feira (19), o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, disse que o governo está estudando a ampliação do espaço cirúrgico do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, para que a oferta de cirurgias seja ampliada e não ocorra falta de atendimento aos pacientes. (ouça a entrevista no final do texto)

“Nós estamos buscando uma estratégia para o centro cirúrgico do Hospital Regional, para que possamos fazer investimentos na ampliação das salas cirúrgicas. Depois do Carnaval vamos anunciar essa nossa estratégia”, disse o secretário.

Em entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins, no dia 07 de fevereiro, o diretor clínico do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, Rogério Clemente, confirmou que o hospital suspendeu cirurgias eletivas em determinadas áreas como urologia e neurocirurgia, além de exames de mamografia. (ouça a entrevista no final do texto)

“Os serviços que foram suspensos são as cirurgias eletivas de neurocirurgia e urologia. E também os exames de mamografia”, disse o médico Rogério Clemente. Rogério apontou como fator para suspensão das cirurgias “a falta de espaço no Hospital”.

Santa Casa pode assumir neurocirurgias – serviço suspenso pelo Hospital Bom Jesus

Segundo o secretário de Saúde, Beto Preto, até que a situação do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais seja resolvida, o Estado está em negociação com o Hospital Santa Casa de Misericórdia, para que assumam as neurocirugias e outros serviços de alta complexidade neurológicas, que foram suspensas pelo Hospital Bom Jesus, após pedido de descredenciamento, por questões financeiras.

“Temos uma conversa com a Santa Casa para o atendimento de neurocirurgia. Essa conversa vai fechar até a próxima semana, a intenção é de que o hospital assuma a neurocirurgia. E para isso, vamos fazer rapidamente a habilitação”, disse Beto Preto.

 

E como fica o tomógrafo que o Bom Jesus recebeu com verba pública? (R$ 1 milhão)

 

Durante a entrevista, o secretário foi questionado sobre o tomógrafo que o Hospital Bom Jesus recebeu por meio de verba pública, no valor R$ 1 milhão. Esse aparelho seria utilizado examente nos serviços de neurologia, mas o hospital disse que não vai mais atender pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Já submetemos essa questão para a nossa equipe jurídica, tudo isso será analisado. Nós não podemos tomar nenhuma medida unilateral, sem o zelo juridico”,afirmou o secretário.

“Não é pra ter demora para exames de mamografia”, afirma secretário
O Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais também informou que não fará mais exames de mamografia. Este tipo de exame é fundamental no diagnóstico do câncer de mama. Antes do anúncio do hospital, as pacientes já relatavam demora para a realização do exame. Mas o secretário Beto Preto afirmou que essa demora não deveria estar acontecendo.

“Mamografia em Ponta Grossa e região tem oferta ampliada. Não é por um equipamento, que exame vai deixar de ocorrer, pois existem clínicas credenciadas para isso. Estamos trabalhando ainda para ampliar a oferta. Não é pra ter demora”, declarou.

Líderanças políticas cobram explicações do Governo do Estado

Nesta semana, após pedido do deputado estadual Plauto Miró (DEM), foi realizada uma audiência com o secretário de Saúde, Beto Preto, O deputado e demais lideranças cobraram solucões para a suspensão de cirurgias no Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais. Nesse encontro, foi discutida a possiblidade de ampliação das salas de cirurgia do hospital.

Embora ainda não exista uma solução para o problema, o deputado Plauto disse ao Blog da Mareli Martins, que a conversa foi positiva.

“Apesar de não poder adiantar detalhes, o resultado promete ser melhor que o esperado. Possivelmente, em breve, teremos o restabelecimento das cirurgias eletivas e ainda ampliação no atendimento. Acredito que após o carnaval teremos novidades”, afirmou o deputado Plauto.

 

Deputado Requião Filho questiona suspensão de atendimentos em Hospital Regional

Diante da informação sobre a suspensão de cirurgias eletivas no Hospital Regional Universitário dos Campos Gerais, o deputado estadual Requião Filho (MDB) também cobrou explicações do governo.

“Protocolamos um pedido de informações à Secretaria de Estado da Saúde solicitando esclarecimentos a respeito dessa situação e da falta de planejamento que parece afetar os atendimentos na região dos Campos Gerais”, informou o deputado.

Requião Filho afirmou ao Blog da Mareli Martins, nesta quinta-feira (20), que ainda não recebeu as respostas sobre os questionamentos feitos à Secretaria Estadual e Saúde.

OUÇA A ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO DE SAÚDE DO ESTADO- BETO PRETO

OUÇA A ENTREVISTA COM O DIRETOR CLÍNICO DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO REGIONAL DOS CAMPOS GERAIS- ROGÉRIO CLEMENTE:

LINK RELACIONADO:

https://marelimartins.com.br/2020/02/07/hospital-universitario-regional-dos-campos-gerais-suspende-cirurgias-eletivas-e-exames-de-mamografia/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s